Muito provavelmente, ainda que não conheça pelo nome, você sabe o que significa a Clarinada da Noiva.

A Tradição vem de tempos antigos onde havia um anúncio musical chamado fanfarra, como era chamado antigamente o toque de trompas e clarins nas caçadas. Posteriormente, a designação foi estendida às bandas marciais que acompanhavam os cortejos cívicos ou regimentos de cavalaria. A Clarinada anuncia a chegada da pessoa mais importante em uma celebração de casamento, como uma autoridade, imperadores, reis, rainhas e príncipes. Neste caso, da noiva, claro!

Atualmente, muitas noivas gostam de ter sua entrada na igreja anunciada por uma Fanfarra, já que esse momento é o mais esperado da cerimônias de casamento. Esse anúncio dá um ar mais triunfal à cerimônia, tanto que o trompete utilizado é chamado de trompete triunfal, um modelo de trompete mais longo que se tornou marca registrada para a entrada de noivas e autoridades, tendo uma charmosa bandeira pendurada no instrumento, anunciando o momento mais esperado por todos: a entrada da noiva. A Clarinada é uma música curta com duração média de 1 minuto.

Uma fantástica característica das Clarinadas vem de sua execução, tendo na maioria das vezes 2 trompetes triunfais (os clarins), um respondendo ao outro, deixando a celebração mais ilustre e cortês, de uma maneira requintada, elegante e única!

As clarinadas mais conhecidas são:

 Clarinada de Mahler: A clarinada de Mahler é um trecho extraído da 1ª Sinfonia de Gustav Mahler, também conhecida como Titã, composta entre 1884 e 1888

Clarinada da Rainha Elizabeth: De compositor e história desconhecidos, dizem ser a clarinada tocada no casamento da rainha Elizabeth. Será mesmo?

Tannhäuser: Trecho de uma ópera de Richard Wagner tem como questão central o amor carnal versus o amor puro

Aida: Aida é uma das óperas mais populares do compositor italiano Giuseppe Verdi. Explora o drama da guerra na vida e no amor

Clarins de Roma: Autoria de Max Steiner, frequentemente confundida com Verdi. Foi composta em 1962 para o filme Rome Adventure, em português: Candelabro Italiano

Also Sprach Zarathustra: Poema sinfônico composto por Richard Strauss, em 1896, inspirado no tratado filosófico de Friedrich Nietzsche. A introdução ficou mundialmente conhecida por ter sido usada na trilha sonora do filme 2001: Uma odisseia no espaço

A Viagem ao Centro da Terra: Journey to the Centre of the Earth é o título do terceiro álbum do tecladista Rick Wakeman. Lançado em 1974, é uma adaptação livre baseada na novela Viagem ao Centro da Terra, do escritor francês Júlio Verne. A gravação do disco foi realizada ao vivo no Royal Festival Hall, em Londres, Inglaterra, no dia 18 de janeiro de 1974.

Prince of Denmark’s March: Também conhecida como Trumpet Voluntary,foi criada po Jeremiah Clarke e é comumente atribuída a Henri Purcell, erroneamente.  Ficou famosa em casamentos após ser usada na cerimônia de Charles, Principe de Gales e Lady Diana Spencer, na entrada da noiva.